Um fim de semana em Criúva

  • Casa Irmãos Bertussi | Foto: Gilmar Gomes
  • Árvore Criúva | Foto: Rosa Ana Bisinella
  • Trilha Noturna na Mata | Foto: Criúva Operadora, Divulgação
  • Casa Irmãos Bertussi | Foto: Gilmar Gomes
  • Trilha Noturna na Mata | Foto: Rosa Ana Bisinella
  • Nosso Galpão | Foto: Rosa Ana Bisinella

Criúva é daqueles lugares que precisa ser visitado com espírito de aventura. Reserve um fim de semana para passear pelo distrito. É lá que está o Cânion do Palanquinho uma formação rochosa (basalto). É possível chegar sem guia até o local. Mas será mais seguro realizar os passeios acompanhado por operadora de turismo. Em Criúva mesmo tem a Criúva Operadora que guia caminhadas de dia inteiro no interior do cânion e também orienta para realização de rapel. Se optar em conhecer o local sem passeio pelo interior do cânion, dedique uma tarde à visitação. Ao retornar, passe por São Jorge da Mulada, visite o Memorial Bertussi – se for fim de semana a Casa dos Bertussi estará aberta a visitação. Parada básica é no Bolicho e Pousada São Jorge, onde as cachaças preparadas com ervas e frutas devem ser provadas.

Se decidir ficar à noite, tem programação também.  A Criúva Operadora possibilita uma experiência de caminhada na mata. O passeio se chama Trilha Noturna com Jantar na Mata e termina com um jantar mateiro em uma clareira (se o tempo permitir). Se chover, ocorre em local fechado. Há duas pousadas em Criúva: Bolicho Pousada São Jorge, no interior do distrito, e a Pousada Roni e Mary, próximo ao centro. 

Voltar
Compartilhar: